Área Restrita
ENTRAR
Esqueci minha senha

Rede de Controle da Gestão Pública - Mato Grosso do Sul

Notícia

22.04.2021 - 09:35

Pioneiro no País, Projeto “Radar” do MPMS visa ao aprimoramento da atuação ministerial juntos aos Tribunais Superiores

MPE
Compartilhe:
Pioneiro no País, Projeto “Radar” do MPMS visa ao aprimoramento da atuação ministerial juntos aos Tribunais Superiores

Com o intuito de aprimorar a atuação dos membros do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul nas esferas dos Tribunais Superiores, o Laboratório de Inovação do MPMS, sob a coordenação do Promotor de Justiça e Presidente da Comissão de Pesquisa e Inovação em Inteligência Artificial, Paulo César Zeni, apresentou o Projeto “Radar” (Registro e Acompanhamento das Atividades Recursais) e sua funcionalidade à Administração Superior e aos membros da Instituição.

O Projeto “Radar” foi desenvolvido por meio da ferramenta de prospecção de dados on-line e de Business Intelligence (BI), cuja funcionalidade transforma os dados coletados disponíveis em informações dinâmicas, coerentes, interativas e visualmente envolventes, facilitando a organização e a demonstração das informações reunidas.

O Promotor de Justiça Paulo César Zeni explica que a ferramenta de inteligência artificial vai possibilitar a construção de estratégias de atuação mais eficazes em busca de resultados exitosos dos processos das áreas cíveis, criminais e interesses difusos e coletivos do MPMS que tramitam no STF (Supremo Tribunal Federal) e no STJ (Superior Tribunal de Justiça). “O Projeto ‘Radar’ nasceu da necessidade cada vez maior de aprimoramento da atuação ministerial junto aos Tribunais Superiores”.

Para a Procuradora de Justiça Ariadne de Fátima Cantú da Silva, que atua na 3ª Procuradoria de Justiça de Interesses Difusos e Coletivos, o apoio incondicional do Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites de Lacerda, foi fundamental para a execução do projeto. “Agradeço o apoio do Procurador-Geral de Justiça, que sempre lutou pela melhoria da atuação dos Procuradores de Justiça do MPMS”.

A Procuradora de Justiça ressaltou também a dedicação da equipe do Laboratório de Inovação do MPMS, que desenvolveu este projeto pioneiro no Brasil, sem nenhum custo para a Instituição, e que representa um “grande avanço na forma de atuação junto às instâncias superiores”.

Tag3 - Desenvolvimento Digital